Notícias

Sem salários, médicos e enfermeiros entram em greve nas clínicas da família por 48 horas

Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira, no Clube dos Portuários (Santo Cristo), funcionários de Organizações Sociais de Saúde (OSs) decidiram paralisar por 48 horas todas as atividades o atendimento em 220 ambulatórios e clínicas da família a partir desta terça-feira. A decisão foi tomada em protesto contra o atraso no pagamento de três meses de salários de cerca de 22 mil médicos, enfermeiros e profissionais de Saúde terceirizados. Os profissionais estão em greve porque, em crise financeira, a prefeitura não tem pago as OSs com regularidade

Fábio Barros

Fábio Barros é um blogueiro e morador da Rocinha - RJ. Seu trabalho com a página Rocinha Alerta tem o intuito de dar voz as pessoas da comunidade. Luta por mudanças significativas na sociedade.
Follow Me:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *